no-valid-deals

Login
Entrar
Carrinho

Seu carrinho está vazio

Tá esperando o que pra aproveitar as nossas ofertas? escolher uma oferta agora

R$50

R$ 24

Onde fica?
  • Ipanema

    Rua Joana Angelica, 63, Ipanema Rio de Janeiro RJ 22420-030 como chegar ×
Não perca o seu cupom Se não puder usar seu cupom, faça a troca por créditos utilizando o nosso app e use esse crédito em novas compras. Entenda
Memória da Alma

Texto inédito, "Memória da Alma", com Juliana Teixeira e Niaze Neto, estreia no Rio! 

Peça dirigida por Guilherme Scarpa e Camilo Pellegrini coloca a questão do abuso sexual em primeiro plano 

Baseada em histórias reais, a peça "Memória da Alma" expõe um acerto de contas entre uma mulher, vivida por Juliana Teixeira, e seu filho mais velho, personagem de Niaze Neto. Numa cela de cadeia, eles passam suas histórias a limpo e relembram episódios marcantes de assédio, crueldade, omissão e o abuso que o menino sofreu do pai

"Acima de tudo, o texto mostra um drama familiar muito potente. Com isso, faz uma denúncia sobre um assunto que não pode mais ser silenciado, varrido para debaixo do tapete. É uma história que revela a hipocrisia, a doença, e crimes que acontecem diariamente, não só em regiões inóspitas do país, como em grandes capitais", diz o diretor Guilherme Scarpa. 

Seca, brutal e urgente - já que toca em temas amplamente discutidos nos dias de hoje, como empoderamento, assédio sexual e o abuso -, a dramaturgia de Fabiano Barros chamou tanto a atenção de Scarpa e da atriz, da Nova Bossa Produções Culturais, que eles decidiram bancar do próprio bolso a montagem, sem esperar por editais. O espetáculo é codirigido por Camilo Pellegrini, que descobriu o texto do autor pernambucano, radicado em Porto Velho, Rondônia

"Inicialmente, eu não me via interpretando uma mulher tão distante de mim. Mas o texto e a personagem me contaminaram de uma forma muito forte, assim como a necessidade de falar sobre assuntos como assédio moral, religião e abuso", conta Juliana, que dá vida a uma católica fanática. 

A peça estreia no Teatro Candido Mendes, em Ipanema, no dia 4 de maio. Para levantar toda a engrenagem do espetáculo, foi realizada uma verdadeira "ação entre amigos". Aderiram à causa a cantora e compositora Danni Carlos, que assina a trilha sonora original; os estilistas Carolina Monte e Ivã Ribeiro; o jornalista Fabio Dobbs, que cuida da assessoria de imprensa; o iluminador Maurício Cardoso; a visagista Tainá Lasmar, e a cenógrafa Vanessa Alves. A coordenação de produção é de Kellys Kelfis e Wagner Uchôa

Quando usar

Use seu cupom em uma das seguintes datas:

  • Maio, 2018: 4, 5, 6, 11, 12, 13, 14, 18, 20, 21, 22, 25, 26, 27, 28
  • Junho, 2018: 1, 2, 3, 4, 8, 9, 10, 11, 15, 16, 17, 18
Apresentações de sexta a terça, às 20h
Como retirar o ingresso
Retire seu ingresso na bilheteria, no dia do espetáculo, até 1h30 antes do início da apresentação. Apresente o documento com foto

Após a troca, o mesmo torna-se intransferível

Informe o código do cupom como desejar

Classificação: 18 anos

Regras gerais
O Peixe Urbano não vende ingresso de meia-entrada. A meia-entrada é exclusiva de beneficiários previstos na Lei nº 12.933, de 26 dezembro de 2013, e não é cumulativa com promoções

 

Confira as Regras Gerais que se aplicam a todas as ofertas

Procon-RJ (link obrigatório pela Lei estadual nº 6.718/14)

Política de cancelamento: Você pode cancelar seu cupom em até 7 (sete) dias a partir da compra. O cancelamento não será realizado caso o ingresso já tenha sido trocado ou falte menos de 48h para a realização do evento. Tire suas dúvidas em nossa Central de Ajuda.

Exibir informações da oferta

Ops! Esta oferta está esgotada.

Receba um alerta quando estiver de volta.

AVISE-ME Ocorreu um erro ao registrar o alerta. Tente novamente mais tarde.